Valparaíso e Viña del Mar

O roteiro de visita a Valparaíso e Viña del Mar é bastante popular entre os turistas que vêm conhecer o Chile. Já fiz esse passeio por minha conta, alugando um carro e pernoitando em Valparaíso, e já fiz tour bate e volta com agência, a partir de Santiago.

Vale a pena pernoitar em Valparaíso ou em Viña del Mar?

Se você quer apenas conhecer os pontos principais de Valpo e Viña, vale a pena fazer o tour de um dia, de preferência com um guia experiente, que mostre e explique a história local, a arquitetura, os significados implícitos dos murais e de outros detalhes que você vai encontrar por ali (por exemplo, as formiguinhas grafitadas em calçadas).

Agora, se você é um boêmio de mão cheia, pernoitar para conhecer a agitada noite de Valparaíso pode ser interessante. Ou ainda, se hospedar em Viña del Mar, com a intenção de pegar um dia de praia. Mas vale lembrar, as praias do Pacífico não são como as do Brasil. Isso porque, a água é bem gelada, mesmo no verão, e muitas vezes tem ondas fortes.

Geralmente, os passeios de um dia com agência combinam Valparaíso e Viña del Mar, pela proximidade. Mas, já fiz também um roteiro só de Valparaíso e achei bem interessante conhecer a cidade em mais detalhes e com mais tempo.

O que fazer em Valparaíso

Valparaíso é uma cidade portuária histórica, com casas e prédios coloridos, que mostram seu charme ao longo de ruas e ladeiras estreitas.

Uma das charmosas vilas coloridas de Valparaíso
A colorida cidade de Valparaíso

Quem caminha por lá, se depara com escadarias cobertas de arte, vielas, murais artísticos, elevadores panorâmicos e uma vida noturna bem ativa. Aliás, ao descer qualquer escada, sempre olhe para trás para ver a pintura escondida em seus degraus.

Escada de Valparaíso
Escada artística de Valparaíso

Em outro olhar, o entorno é caótico e, em muitas partes, mal preservado. Mas tudo parece estar ali propositalmente, dando personalidade à cidade.

Arte ou caos em Valparaíso?
Arte ou caos?

Você vê arte ou caos? Essa resposta pode indicar o quanto você vai gostar de sua visita.

Valparaíso a pé

Para ver o melhor de Valparaíso, não há outra forma que não a pé. Os carros não acessam as ruelas mais interessantes da parte alta. Em uma pernada de cerca de uma hora é possível ver bastante coisa (mas não tudo!).

Passeio pelas ruas coloridas de Valparaíso
Passeio pelas ruas coloridas de Valparaíso

Caminhe pelos Paseos Atkinson e Gervasoni, no Cerro Concepción. Ambos têm mirantes com vista para a baía.

Paseo Atkinson
Paseo Atkinson

Ao final, você vai dar de frente com as paredes amarelas do Hotel Gervasoni. É a construção mais antiga do Cerro Concepción.

Hotel Gervasoni em Valparaíso
Hotel Gervasoni

Atravessando ao outro lado do hotel, chegará em uma viela que, na minha opinião, é o lugar mais charmoso de Valparaíso.

Viela charmosa de Valparaíso
Viela charmosa de Valparaíso

Eu me hospedei nesse hotel quando visitei a cidade pela primeira vez. Foi interessante ter a experiência de ficar em um edifício tão antigo e no meio de todo o burburinho, mas não é muito confortável e nem tranquilo. A música e curtição rolam por ali até altas horas.

Saiba mais sobre o Hotel Gervasoni clicando aqui.

No Cerro Alegre, o Paseo Yugoslavo também passa por escadarias e murais artísticos. Aliás, os murais estão por todos os lados e dá para tirar fotos legais usando-os como cenário.

Valparaíso tem uma infinidade de murais
Valparaíso tem uma infinidade de murais

Não deixe de ver, ou até mesmo usar, um dos elevadores que transportam os residentes e turistas ladeira abaixo e ladeira acima.

Casa museu de Neruda

Uma das residências do famoso poeta chileno, Pablo Neruda, fica nos arredores e está aberta à visitação pública. Chamada La Sebastiana, a casa museu tem uma interessante arquitetura imitando o formato de um navio.

Casa de Neruda, La Sebastiana
Casa de Neruda, La Sebastiana

Você pode apenas visitar a área externa, que tem um mirante com vista para o Pacífico, ou fazer um tour dentro da casa. O ticket de entrada custa 7.000 pesos (R$ 36,00).

Vista da casa museu La Sebastiana
Vista da casa museu La Sebastiana

Leia mais sobre as três casas museu de Neruda. Visitá-las e conhecer um pouco da vida do poeta é um passeio surpreendente!

Área baixa de Valparaíso

Na parte baixa da cidade fica a Plaza Sotomayor e o lindíssimo edifício
Armada de Chile
. Mas, honestamente, o lugar é tão muvucado, que não gostei muito de andar ali. Foi difícil até tirar uma foto boa.

Edifício Armada de Chile, na Plaza Sotomayor
Edifício Armada de Chile, na Plaza Sotomayor

Valparaíso também é conhecida pelas festas e fogos de artifício durante as comemorações de fim de ano, por isso milhares de pessoas se deslocam de Santiago até lá nessa época.

O que fazer em Viña del Mar

Apesar de ser um local de praia, é bem urbano e suas areias ficam cheias no verão. Já o mar não fica tão lotado assim, porque as águas do Pacífico são geladas e poucas pessoas se animam ao banho.

Praia de Viña del Mar em uma terça-feira de verão
Praia de Viña del Mar em uma terça-feira de verão

Mas Viña del Mar tem outros pontos turísticos a visitar e bons restaurantes para comer frutos do mar ou peixe fresco.

É lá que fica o famoso relógio de flores, aos pés do Cerro Castillo. Aliás, os ponteiros funcionam em meio a um colorido jardim, que passa por manutenção diária para preservar a perfeição de cada planta. Vale uma paradinha para a foto clássica.

O relógio de flores funciona pontualmente
O relógio de flores funciona pontualmente

Outra opção é a visita ao Museu Fonck de arqueologia e história natural. A entrada custa 2.800 pesos chilenos (R$ 15,00). Mas se não quiser entrar, ao menos passe em frente para ver um dos poucos Moai que, atualmente, estão fora da Ilha de Páscoa. A estátua mede quase 3 metros de altura.

Moai del Ahu One Makihi
Moai del Ahu One Makihi

O cassino mais antigo do Chile, fica em Viña del Mar. O edifício é enorme e ali também funciona um hotel. Então, fica como opção para quem curte esse tipo de entretenimento.

Por último, mas não menos interessante, vale mencionar que Viña tem diversos palácios e castelos que podem ser visitados. Não vou entrar em detalhes, já que ainda não os conheço, mas fica a dica para quem se interessar.

Como chegar a Valparaíso e Viña del Mar

De carro

Saindo de Santiago, a estrada que vai até Valparaíso ou Viña del Mar é a 68. A via tem boas condições e você vai levar cerca de 1h30. A distância entre Valparaíso e Viña del Mar é curta, uns 15 minutos.

Na mesma estrada estão algumas excelentes vinícolas do Valle de Casablanca. Uma opção é fazer um roteiro combinado para conhecer algumas delas pelo caminho. Mas recomendo essas paradas apenas se for pernoitar por lá, caso contrário, a viagem vai ficar corrida.

De ônibus

As empresas Turbus e Pullman Bus fazem os trechos de ida e retorno saindo dos Terminais Alameda ou Pajaritos, em Santiago. Quando pesquisei para escrever esse post, as passagens da Turbus estavam bem mais baratas que as da Pullman.

Tour com agência

As agências cobram cerca de 25 a 30 mil pesos por esse passeio (mas o blog tem parcerias que oferecem desconto a leitores).

Clique aqui para conhecer as agências parceiras do blog. Testadas e aprovadas!

Cuidados especiais

Infelizmente, há relatos de golpes e furtos nessa região (assim como em Santiago). Se você estiver com um grupo de turismo, certamente estará menos exposto a esse tipo de situação. É uma vantagem. Mas, se estiver fazendo a visita por sua conta, redobre a atenção a bolsas e bolsos pelas ruas. Podem tentar lhe tirar coisas sem que perceba.

Se estiver de carro, JAMAIS deixe qualquer coisa no veículo ao sair, nem por cinco minutos. Isso vale desde malas, até pequenos volumes.

Desconfie caso tenha um pneu furado ou rasgado e alguém vier simpaticamente lhe ajudar ao parar para fazer a troca, mesmo que seja em local supostamente seguro, como um posto de gasolina. Os golpistas atuam em duplas, e um comparsa pode aproveitar o momento em que o outro lhe distrai, para furtar coisas de dentro do veículo.

Leia sobre outros passeios em Opções de passeio em Santiago e arredores.

1 comentário Adicione o seu

Deixe sua dúvida ou comentário!