Santa Cruz: um roteiro romântico próximo a Santiago

Santa Cruz fica no Valle de Colchagua, cerca de 2h30 de Santiago.  Soubemos sobre o lugar quando estávamos pesquisando roteiros românticos para a nossa lua de mel. Na ocasião, acabamos escolhendo outro destino, mas assim que tivemos oportunidade de vir ao Chile a turismo fomos direto pra lá, contrariando o que faz a maioria dos turistas, que primeiro conhece Santiago.

Então, em Santa Cruz foi onde tivemos nossa primeira impressão sobre o país. E agora já temos a segunda, a terceira, a quarta e muitas outras ótimas impressões daqui, mas Santa Cruz será sempre especial.

Era abril, outono no Chile. Essa estação é encantadora, pois enche de cores as ruas e campos de parreiras.

Vale a pena ir de carro?

Decidimos alugar carro para fazer essa viagem. O que foi ótimo, pois tornou os dias superprodutivos. O inconveniente é que, por ser uma região própria para enoturismo, é preciso coordenar vinhos e direção. Estávamos em quatro, nem todos bebiam, então não tivemos muito problema.

De qualquer forma, a distância entre as vinícolas é curta, então imagino que seria bem tranquilo também fazer esses trechos de táxi.

Quando viajo gosto de chegar ao aeroporto com o carro já reservado para não ter surpresas, e para isso, uso o site comparador de preços Rentalcars. Ele já mostra quais empresas operam no local, os tipos de veículo disponíveis, seguro, acessórios, etc.

É possível fazer um bate volta a partir de Santiago mas, para curtir de verdade, vale a pena ficar ao menos uma noite.

Vinhos, vinhos e mais vinhos

Santa Cruz é um destino romântico no Chile e um paraíso do enoturismo. Tem muitas vinícolas lindas abertas à visitação, a região tem clima excelente para produção de vinhos, restaurantes ótimos em meio a paisagens deslumbrantes e opções de hospedagem de todos os tipos.

Em dois dias conhecemos diversas vinícolas.

O outono é uma ótima época para visitá-las já que além das parreiras estarem cheias de folhas multicoloridas, a colheita ainda não terminou, então, tem cachos enormes de uvas.

Destino romântico no Chile, Vale de Colchagua
Outono colorido no Chile

O roteiro

Dia 1

No caminho de Santiago para Santa Cruz paramos na vinícola Casa Silva, em San Fernando. Conhecemos a vinícola e aproveitamos para almoçar. Tem vinhos brancos divinos e o restaurante vale muito a pena conhecer. Reservamos mesa no terraço, com vista para um enorme campo de polo.

Terraço do restaurante na vinícola Casa Silva
Terraço do restaurante na vinícola Casa Silva

Na vinícola fica também o Hotel Casa Silva, construído na casa original da família. É uma hospedagem bem exclusiva. Lindo!

Seguimos nossa viagem até Santa Cruz e nos hospedamos no Hotel Boutique La Sara. A escolha não poderia ter sido melhor! É uma casa, com apenas quatro quartos, e tem uma sala muito aconchegante com lareira, à disposição dos hóspedes.

A varanda dá para um riacho e jardim com piscina. É uma hospedagem romântica perfeita para impressionar!

O aconchegante hotel La Sara, no Vale de Colchagua
O aconchegante hotel La Sara

Deixamos as coisas no hotel e fomos conhecer a vinícola Santa Cruz. Apesar do nome, fica em Lolol, uns 20 minutos distante de Santa Cruz. Chegamos tarde, então não deu para fazer tour ou degustação, mas nem por isso a viagem foi perdida.

Vejam as fotos!

Parreiras da vinícola Santa Cruz
Parreiras da vinícola Santa Cruz
Fim de tarde na vinícola Santa Cruz, um destino romântico no Chile
Fim de tarde na vinícola Santa Cruz, no Valle de Colchagua

A vinícola já estava muito bem estruturada para turismo na ocasião de nossa visita, e cresceu! Tem teleférico, planetário, restaurante… Recentemente, passou a abrigar o irmão mais novo do Museo Colchagua: o Museo del Automóvil, com mais de 50 carros de diversas épocas. É uma boa opção para quem estiver com crianças também.

Dia 2

Começamos com a Clos Apalta (anteriormente Lapostolle). Moderníssima, da arquitetura ao processo de produção dos vinhos, fundada em 1994 pela mesma família que produz o licor Grand Marnier. Quem conhece já entendeu tudo…

Vista do mirante na vinícola Clos Apalta
Vista do mirante na vinícola Clos Apalta

O tour apresenta as diversas particularidades da vinícola e de sua proposta.

Ali funciona também o exclusivíssimo hotel Clos Apalta Residence. Seu restaurante atende ao público no almoço, com menu degustação e apenas mediante reserva.

Saindo de lá, seguimos para a Viu Manent. Até hoje gostamos muito dos vinhos dessa vinícola, especialmente do Secreto Pinot Noir, que além de ser um vinho “fácil” para qualquer pessoa, tem ótimo custo.

Fachada da vinícola Viu Manent
Tour realizado em charrete na charmosa Viu Manent

Também muito preparada para o turismo, oferece diversas atividades. É possível conhecer os vinhedos com um tipo de charrete ou carruagem, há a opção de realizar um tour e produzir seu próprio vinho e até mesmo curtir um ótimo almoço no restaurante Rayuela. Foi o que fizemos!

Próxima parada foi a Montes, onde é produzido o famoso Montes Alpha. A vinícola aplica Feng Shui em seus ambientes e, na sala de barris, os vinhos descansam ao som de cantos gregorianos.

Santa Cruz, um destino romântico no Chile
Na vinícola Montes os vinhos descansam ao som de cantos gregorianos

Atualmente a vinícola conta com o restaurante Fuegos de Apalta, do chef Francis Mallmann, que experimentamos em nossa visita mais recente à região. É excelente! Veja no post Valle de Colchagua para amantes de vinhos.

Já ao fim do dia passamos na MontGras, mas estavam fechando, então tiramos fotos por ali e deu tempo de comprar alguns vinhos na loja. A MontGras também oferece a opção de criar seu próprio vinho!

Vinícola MontGras ao fim da tarde no Valle de Colchagua
Vinícola MontGras
Vinícolas de Santa Cruz esbanjando charme
Vinícolas de Santa Cruz esbanjando charme

Era hora de partir ao nosso próximo destino, com vinhos suficientes para abastecer uma adega inteira!

Um destino romântico no Chile
Comprinhas da viagem

Dica: no Chile é permitido embarcar com quatro garrafas de vinho na mão e não há limite para a mala despachada (informação fornecida pela Latam).

Prefere ficar em Santiago? Conheça vinícolas além do circuito turístico tradicional na região.


Hotéis bem avaliados na região

Clique nos links para detalhes.

Cava Colchagua Hotel Boutique (Santa Cruz) – nesse hotel você dorme dentro de uma barrica gigante de vinho.

Clos Apalta Residence (Santa Cruz)

Hotel Boutique La Sara (Santa Cruz)

Hotel Casa Silva (San Fernando)

Hotel Santa Cruz Plaza (Santa Cruz)

Hotel Terraviña (Santa Cruz)

NOI Blend Colchagua (Santa Cruz)

2 comentários Adicione o seu

  1. Aparecida J Pereira disse:

    Santa Cruz no outono é imperdível!! ! As vinícolas citadas no post são maravilhosas, como também o vinho! Hotel Lá Sara, ótima opção de hospedagem. Conheça Santa Cruz!

  2. Esther Bonetti disse:

    Tour maravilhoso!!! Vale a pena

Deixe sua dúvida ou comentário!