Onde se hospedar em Santiago?

Dúvida muito comum de quem está vindo ao Chile e vai ficar em Santiago. Qual a melhor região para se hospedar?

Há seis locais que são mais comuns para hospedagem turística, mas cada um deles tem um jeitão. Avalie o que se adequa melhor ao seu perfil de viajante e aos seus interesses como visitante de Santiago.  

Vitacura e Las Condes

Parque Bicentenário em Vitacura, Santiago
Parque Bicentenário, em Vitacura

Esses dois bairros oferecem excelentes hospedagens, shoppings, parques urbanos e restaurantes. São os bairros “chiques” de Santiago. Apesar de muito bem localizadas, essas regiões não são as que têm os melhores acessos ao transporte público. No entanto, os serviços de aplicativos como Uber e Cabify, funcionam bem na cidade.

Se você tem um orçamento tranquilo para vir a Santiago, então, Vitacura e Las Condes são ótimas opções.

Pontos de interesse

Shopping Parque Arauco (Las Condes)

Shopping Casa Costanera (Vitacura)

Parque Araucano (Las Condes)

Parque Bicentenário (Vitacura)

Rua Alonso de Cordova e Av. Nueva Costanera (Vitacura) – bares e restaurantes

Providência

Vista de Santiago do Sky Costanera, o mirante mais alto da América Latina
Santiago vista do Sky Costanera

Providência é a opção da maior parte dos turistas. As hospedagens costumam ser mais baratas do que em Las Condes ou Vitacura, tem bons acessos ao Metrô e aos diversos pontos turísticos da cidade. Há muitos restaurantes e hotéis na região. Eu diria que Providência pode ser seu melhor custo x benefício.

Pontos de interesse

Shopping Costanera Center

Sky Costanera (o mirante mais alto da America Latina). Veja mais no post 4 passeios com vista para Santiago.

Parque de las Esculturas

Bellavista e Lastarria

Patio Bellavista tem bares e restaurantes
Patio Bellavista

São regiões boêmias que têm opções de bares e restaurantes com um ar mais informal. A noite nesses locais é agitada, então, se você é festeiro e gosta de bater perna ao fim do dia, pode optar por Bellavista ou Lastarria.

Dica: apesar do movimento à noite pelas ruas, nunca descuide de seus pertences.

Pontos de interesse

Patio Bellavista (centro de bares e restaurantes)

Cerro San Cristobal (teleférico, funicular e zoo)

Parque Forestal

Museu Nacional de Bellas Artes

La Chascona (casa museu de Neruda)

Centro

Praça de Armas de Santiago

Eu acho o centro histórico de Santiago mais legal para passear do que para se hospedar. É cheio durante o dia (nos fins de semana nem tanto) e tem muitos pontos turísticos. No entanto, à noite é vazio e pode não ser muito seguro para caminhar.

Conheça os pontos de interesse do centro no post Centro de Santiago a pé.

Como buscar uma hospedagem?

Em minhas viagens uso dois tipos de acomodação: hotéis ou apartamentos alugados por dia. Escolho entre um ou outro a depender do tipo de roteiro que quero fazer.

Casas ou apartamentos

Para buscar apartamentos ou casas uso o site Airbnb. Para mim, a maior vantagem desse tipo de hospedagem é que oferece uma estrutura mais preparada para que eu possa fazer refeições em casa. É uma forma de reduzir gastos com alimentação. Aqui em Santiago é uma boa opção, visto que a comida e restaurantes são caros no geral.

Sobre o Airbnb: é um site para reserva de hospedagem em casas ou apartamentos. Há a possibilidade de alugar a propriedade toda para você ou apenas um quarto. As tratativas são diretamente com o proprietário, porém intermediadas pelo site, para garantir a segurança de ambas as partes.

Cupom de desconto Airbnb

Use o link https://abnb.me/e/GYMfFrQj1S para obter R$ 130,00 de desconto na primeira reserva.

Hotéis ou hostels

Para buscar esse tipo de hospedagem uso o site Booking.com. É muito fácil para comparar os valores, checar as disponibilidades e encontrar as melhores localizações.


Usando os links acima você contribui com a manutenção do blog sem gastar nada a mais com isso! Obrigada!

Deixe sua dúvida ou comentário!