O templo flor

Existem oito templos Bahá’í no mundo e o mais novo deles fica no Chile, na região Metropolitana de Santiago. Inaugurado em 2016, o templo é aberto à visitação pública gratuita, independentemente de religião.

Aliás, a fé Bahá’í não permite a realização de cultos ou sermões e bane qualquer tipo de segregação. Seus ensinamentos pregam a unidade da humanidade. Os templos são locais de meditação ou oração para todos os indivíduos, de acordo com suas próprias crenças.

Escadas de acesso ao templo Bahá’í, no Chile
O oitavo templo Bahá’í, no Chile

O templo Bahá’í do Chile representa todos os países da América do Sul. Foi construído a 1000 metros de altitude, na região pré-cordilheira. Além do imponente edifício, que simboliza um corpo de luz, o local presenteia os visitantes com a linda vista de Santiago e um entorno repleto de jardins e… de paz.

Contemplando a vista de Santiago no templo Bahai
Contemplando a vista de Santiago no templo Bahai

A arquitetura do templo Bahá’í

Seu desenho tem o formato de uma flor, com 30 metros de altura, composta por 9 pétalas. E esse número tem um significado importante para a crença Bahá’í.

A flor de 9 pétalas e 30 metros de altura
A flor de 9 pétalas e 30 metros de altura

Não é à toa que todos os seus templos devem possuir duas características: nove portas (ou entradas) e um domo ao centro.

Vista do domo central do templo. Foto: http://templo.bahai.cl/
Vista do domo central do templo. Foto: http://templo.bahai.cl/

O templo foi idealizado para simbolizar um corpo de luz. As paredes exteriores são de vidro fundido e as interiores são de mármore branco translúcido. Durante o dia, a luz natural penetra pelos vãos entre suas pétalas, e a noite, a iluminação interna erradia pelos mesmos espaços, criando um efeito lindíssimo.

Templo Bahá’í ao entardecer Foto: Flickr de Vichocast
Templo Bahá’í ao entardecer
Foto: Flickr de Vichocast

A visita ao templo Bahá’í em Santiago

Visitei o Bahá’í em uma manhã de domingo e foi ótimo, pois estava vazio ainda. Na hora de ir embora já tinha bastante gente.

Na entrada, há uma pessoa dando rápidas explicações e pedindo para falar baixo no local. Dentro do templo não é permitido conversar ou fotografar.

O ambiente é bem tranquilo e parece convidar para uma caminhada em seus jardins.

O entorno do templo Bahai
O entorno do templo Bahai

Na parte de baixo, há mesas que podem ser usadas para descanso ou para fazer um lanche. Mas, no caso, com alimentos levados por você. Há também banheiros e um espaço de informações para quem saber mais sobre a fé Bahá’í ou o templo.

Eu quero voltar lá um dia no fim da tarde para ver o pôr do sol e o templo iluminado. Deve ser muito lindo.

Gostei do passeio. É uma ótima opção para relaxar, apreciar paisagem e tirar lindas fotos!

Leia também o post 4 passeios com vista para Santiago.

O templo Bahá’í da América do Sul
O templo Bahá’í da América do Sul

Funcionamento e endereço

Aberto de terça a domingo, das 9h00 às 19h00.

Endereço: Diagonal Las Torres, 2000
Peñalolén, Región Metropolitana

Como chegar no templo Bahá’í em Santiago

Automóvel

O trajeto leva cerca de 40 minutos a partir de Santiago e o estacionamento no local é gratuito.

Táxi/ Uber

A partir do centro de Santiago, um Uber custa em torno de 8 mil pesos por trecho, ou seja, 42 reais.

Transporte público

Não é tão prático e talvez a economia não faça tanta diferença, principalmente se estiver acompanhado.

Pegue o Metrô até a estação Grécia. Depois pegue o ônibus 506, ou o 507, ou o 511, até a Diagonal Las Torres, 2000. O ônibus o deixará na portaria, mas de lá até o templo é necessário subir 2 km caminhando. Talvez valha a pena fazer um combinado de metrô com Uber, que irá lhe deixar lá em cima.

Agência de turismo

Algumas agências de Santiago têm roteiro para o templo Bahá’í. Veja as parcerias do blog e pergunte sobre esse passeio.


Dica: há duas vinícolas que ficam na mesma região do templo Bahá’í e você pode fazer um roteiro combinado. A Aquitania e a Cousino Macul. Ambas são abertas a tour e degustação (com reserva). Veja detalhes no post Vinícolas além do circuito turístico tradicional.

1 comentário Adicione o seu

Deixe sua dúvida ou comentário!