Chillán: do zero aos quarenta graus

Chillán é famosa pelo centro de esqui Nevados de Chillán, que possui a maior pista da América do Sul. A região é concorrida no inverno, quando recebe milhares de turistas sedentos por suas montanhas cheinhas de neve de alta qualidade. No entanto, fomos para lá em novembro, fora da temporada, e descobrimos diversas atividades interessantes, além da estação de esqui!

Como chegar a Chillán

O acesso de carro à cidade de Chillán é fácil saindo de Santiago. São 400 km ao sul, que podem ser percorridos por uma única e ótima rodovia, a Ruta 5. Mas, os melhores atrativos turísticos da região, não ficam na cidade propriamente dita. Então, siga adiante pela estrada N-55 (Camino a Termas de Chillán).

Essa via é asfaltada e vai até o quilômetro 80, em direção ao leste da cidade, rumo à Cordilheira.

A Ruta 55 leva a Nevados de Chillán
A Ruta 55 leva a Nevados de Chillán

O percurso é muito tranquilo sem neve, mas no inverno pode ser necessário utilizar correntes nos pneus. É no final da Ruta 55 que estão o centro de esqui Nevados de Chillán, o complexo hoteleiro e o parque de água termal. Levou mais ou menos uma hora para percorrermos o trecho entre a cidade de Chillán e a estação de esqui pela estrada 55.

Onde ficar em Chillán

Quanto mais perto do quilômetro 80 da Ruta 55 (onde fica o centro de esqui), melhor localizado estará. Na alta estação, os hotéis próximos a Nevados de Chillán são mais caros, porém muito práticos para os turistas que querem exclusivamente, ou principalmente, esquiar.

Para quem está aberto a explorar outras atividades ou vai fora do inverno, como nós, recomendo muito a hospedagem nas cabanas de Las Trancas (entre os quilômetros 60 e 75 mais ou menos). É muito charmoso, romântico e também próprio para famílias com crianças. É uma opção um pouco mais barata e bem localizada.

Charmosas cabanas em Chillán no verão
Charmosas cabanas para hospedagem em Las Trancas

No entanto, há cabanas que ficam na via de acesso a Shangri-la, saindo poucos quilômetros da 55. Mas, é uma rua de terra completamente esburacada e cheia de pedras. Imagino que entrar e sair dali com neve deva ser complicado. Na verdade, já achamos difícil mesmo sem neve.

As cabanas

Nós ficamos nas Cabanas Añañucas III, no km 72. A hospedagem foi excelente. O complexo tem cabanas de diferentes tamanhos, piscina, salão de jogos, lareira e churrasqueira em todas as varandas. Além disso, aceitam animais!

Cabanas Añañucas em Chillán
As cabanas Añañucas têm ótima estrutura para casais e crianças

As cabanas em si já são um atrativo local. Geralmente, ficam em área fechada, com outras cabanas. A região me pareceu bem segura.

Cabanas em Chillán, Las Trancas
Curtindo nossa varanda

Por ali tem minimercados, restaurantes e bares. No entanto, o posto de gasolina mais próximo fica a 20 km, voltando para a cidade. Melhor abastecer antes de subir.

Dicas para o churrasco: se escolher uma hospedagem com churrasqueira, é melhor comprar as coisas antes de chegar, por exemplo, na cidade de Chillán. Perto das cabanas tem pouca opção. Os mercados são pequenos. Não vá embora sem provar as linguiças da região!

Complexo hoteleiro do centro de esqui

Caso prefira se hospedar mais próximo do centro de esqui, deixo abaixo os link com algumas opções, com mais detalhes.

Hotel Alto Nevados

Hotel Nevados

Apartamentos Valle Hermoso

Cabanas em Las Trancas

Cabanas y Lodge Los Hualles fica ao lado da Añañucas e as cabanas são lindas!

Añañucas IIIcabanas grandes e confortáveis, excelentes para famílias.

Clique aqui para buscar outras cabanas em Las Trancas.

O que fazer em Chillán

Centro de esqui Nevados de Chillán

A geografia dessa estação de esqui a torna especial em determinados aspectos. Primeiro, a paisagem é composta de vulcões e bosques de árvores nativas. Então, imagine isso coberto de neve…

Segundo, tem a pista mais longa da América do Sul, a Três Marias, com 13 km de extensão. São 30 pistas com atrativos para todas as idades e níveis de experiência, a altitudes entre 1.500 e 3.300 metros.

A temporada de inverno inicia, geralmente, em junho e vai até outubro. Como fomos em novembro, a estação estava fechadíssima, sem neve, então não tenho fotos lindas…

Centro de esqui Nevados de Chillán no verão
Centro de esqui Nevados de Chillán fechado fora de temporada

As termas e os vulcões

A presença do complexo vulcânico Nevados de Chillán nessa região, presenteia os visitantes não apenas com belas paisagens nevadas, mas também com piscinas de água aquecida naturalmente, que chegam até quase 40 graus. 

Termas de Chillán
Piscinas quentes em meio a paisagens nevadas

A quem se pergunta se é perigoso estar assim, tão perto de vulcões, explico que eles são monitorados ininterruptamente pelos órgãos de segurança. E, diferentemente dos sismos, a atividade vulcânica pode ser percebida antes, a tempo de evacuar a região, se necessário. Além disso, o governo promove treinamentos de prevenção, para eventuais situações de risco.

Cartaz de simulação para evacuação em situação de risco de atividade vulcânica
Simulação para situação de risco promovida pelo órgão de proteção civil

As termas funcionam o ano todo. Fomos ao Parque de Água Termal, bem ao lado do hotel Alto Nevados e praticamente na entrada da estação de esqui.

Parque de águas e o hotel Alto Nevados de Chillán
Parque de águas e o hotel Alto Nevados

São quatro piscinas, uma delas em ambiente fechado. Elas têm profundidades e temperaturas diferentes. Tem bar molhado, vestiários e banheiros, restaurante e cafeteria.

Pagamos 11 mil pesos (cerca de 55 reais), por pessoa, pela entrada sem acesso à piscina fechada. É obrigatória a utilização de touca. Caso não leve a sua, eles vendem por 2 mil pesos cada uma.

Horários de funcionamento e temperaturas das piscinas termais
Horários de funcionamento e temperaturas das piscinas termais

A outra opção de terma, é o Valle Hermoso. Além da piscina termal, é um condomínio de apartamentos que fica 5 km antes da estação de esqui. Não precisa estar hospedado para ter acesso à terma, que é aberta ao público e custa 8 mil pesos por pessoa (40 reais).

Acesso à piscina termal do Valle Hermoso, em Chillán
Acesso à piscina termal do Valle Hermoso

Ecoparque Shangri-la

Tem arborismo e tubbing (escorregar com uma boia em pista de neve) para adultos e crianças, além de trilhas e mirantes.

Atividades para adultos e crianças no Ecoparque Shangri-la
Atividades para adultos e crianças no Ecoparque Shangri-la

Pagamos 4 mil pesos por pessoa e fizemos uma trilha de 2,5 km até o mirante Los Volcanes.

Mirante Los Volcanes, no Ecoparque Shangri-la, Chillán
Vista do mirante Los Volcanes, no Ecoparque Shangri-la

A via de acesso ao parque, mesmo sem neve não era das melhores. São apenas 3 km da N-55 até o parque, mas precisamos ir a 10 km por hora, pois tinha muito buraco e pedra.

Parque Mitológico Bosque Encantado

É um programa interessante para quem está com crianças. Fica no quilômetro 65 da Ruta 55. É uma trilha num bosque com diversas esculturas de seres mitológicos, como fadas, duendes e bruxas. A entrada custa 5 mil pesos para adultos (cerca de 25 reais).

Bosque Encantado, em Chillan
Bosque Encantado

Ficamos hospedados em Las Trancas apenas por duas noites, então não tivemos tempo de explorar mais a região. Mas para quem tiver interesse, por ali há outros atrativos como cachoeiras, rios, grutas e cavernas e opções para trekking.

1 comentário Adicione o seu

  1. Esther Bonetti disse:

    Muito interessante as suas informações. Dá vontade de conhecer!!!!

Deixe sua dúvida ou comentário!